8.10.05

um aforismo de baltasar gracíán

«os rios são terríveis até alguém descobrir um vau e as pessoas são veneradas até os outros descobrirem o limite dos seus talentos.»

(in espelho de bolso para heróis, trad. ana cecília simões, temas da actualidade)