6.8.05

um rasgo de nelson rodrigues

«(...) ele passa as costas da mão na boca, como se limpasse, dos lábios, a memória de todos os beijos.»

(in pouco amor não é amor, companhia das letras)