4.8.05

quiromância

ainda miúdo, uma cigana jurou-lhe: «estás destinado a morrer por volta dos 50 anos, na miséria, sem ninguém».
aos 23, para demonstrar o seu amor à mulher com quem casaria cinco meses mais tarde, queimou de propósito a palma da mão esquerda num bico de gás (como certa personagem de um filme de andrei konchalovsky).
faleceu rico, sem dor, feliz e rodeado pela imensa família, aos 97.