18.7.05

arte poética

esquece tudo muitas vezes.
depois, lembra-te.