26.6.05

um verso de helga moreira

«num canto inesperado, um amor»

(in os dias todos assim, & etc)